texto: Guilherme Bayara | Imagens: wehearit

Vamos começar 2010

(ai que coisa mais clichê e brega essa de ficar falando sobre início de ano... RISCA ISSO)

Ano novo, vida nova...

(frase pronta! ECA! RISCA TAMBÉM)

Cansei de tudo isso..

(risca a reclamação também, reclamar do clichê também é clichê. O que faz tudo que escrevi acima clichê)

Mais que merda não?

Então vamos esquecer tudo isso (mais uma frase clichê, mas essa não vou cortar...)

“É...

Ando meio travado... 

Se coloco a mão no teclado sai merda! “

“Sim, sim o bloqueio já passou... Mas ainda sim não vem NADA!”

tumblr_kpnt4iUhWG1qzcso1o1_400_large

“Ok, ok! Eu tento escrever algo se você calar a boca e me deixar escrever! Pode ser?”

“Ótimo! Que bom que entendeu!”

Você é o que me faz viver

(que merda!)

Paixão da minha vida

(TEDIOSO)

Com você sou mais feliz

(vou vomitar com minhas próprias palavras)

“Viu?! Não adianta, não consigo! Foi-se! Fez puff! Não sei mais escrever coisa que preste!”

“Tá, tá! Vou tentar acreditar mais...”

...

...

...

Porra! Pior que escrever merda é não conseguir escrever nada!

-Então? Podemos sair e ver se você para com essa insistência?

- Podemos!

- Finalmente!

...

...

- Vamos dançar? – disse-me olhando nos olhos.

- Claro!

Tocava uma música deliciosa e dançamos ao som da banda, os sapatos deslizando no salão.

- Ficar perto de você é tão bom, posso esquecer-me de tudo. Num simples toque transmito-me pra dentro de você e num simples beijo você é capaz de me responder...

- Amor, voc...

- Shii, não fala nada... Somos capazes de nos entender sem nem mesmo nos falarmos, capazes de fazermos tudo sem mesmo nos tocarmos. É capaz de identificar minhas expressões pelo simples som de minha voz...

- Amor...

- Que foi? To tentando me declarar aqui!

- É que você está fazendo!

- Fazendo o que? – pergunto espantado

- Está poetizando... Preste atenção no que você disse agora...

Parei, pensei, pensei novamente...

Poxa! Não é que ele acertou!

- Você tem razão! “Não sei por que! Mas quando você está por perto eu fico criativo”

- Tão criativo que tem que citar músicas? – diz e ri com pretensão.

- HA...HA... Já que estou criativo, posso continuar? Não quero desperdiçar essa centelha de criatividade...

- Claro, claro...

- Você é capaz de aflorar aquilo que se encontra perdido dentro de mim, você é a única pessoa no mundo que entende completamente.... Cada palavra, cada suspiro, cada gesto, cada centímetro meu tem outro significado para você...

Me encarava com os olhos brilhando ao som da música.

- EU TE AMO!

- Também te amo! E sabia que você iria recuperar sua inspiração...

- Nunca perdi minha inspiração. Você é minha inspiração, e não me lembro de ter te perdido! Tinha perdido minhas palavras, isso sim. Mas você como minha inspiração as me devolveu e colocou-as no lugar...

Uns (nãoseiquantos) minutos depois...

- É amor, infelizmente tenho eu desligar...

- Então quer dizer que minha inspiração já tem que ir?

- Vou apenas desligar o telefone, mas continuarei com você...

SONY DSC

- Sempre

- Sempre – confirmou com carinho.

- Então tá, foi bom dançar com você hoje.

- Também gostei. Breve poderemos dançar de verdade, frente a frente.

- Mal posso esperar. Mas é sempre bom sair e dançar com você por telefone... Somos loucos?

- Não, somos apaixonados...

- TE AMO – dissemos juntamente.

E então desligamos o telefone a espera de um futuro próximo e um encontro físico novamente...