Texto: Guilherme Bayara | Imagens: We ♥ it (we heart it)

anos_dourados

Ah, os velhos tempo...

Anos dourados, alguns costumam chamar assim... Mas não, não estou falando de décadas atrás, afinal nem nascido eu era.

Eu estou falando dos meus anos dourados, do tempo em que eu era feliz de verdade e constantemente. O tempo de que me lembro, e falo “Que maravilha, quero de volta”. E não, não é necessariamente a minha infância. Na verdade, não sei bem definir quando foi...

Acho que foram anos dourados, mas não todo contínuos. Alguns anos dourados se passam, depois acabam e em seguida surgem outros... É, acho que foi assim que fiz meus anos dourados...

Mas ultimamente. Ultimamente eu não pareço ter mais anos dourados, nem ao menos meses... Tenho tido alguns dias dourados, raramente semanas... Acontece até de eu ter horas douradas apenas... É... Você me entende? Não precisa responder, deixe-me ver se consigo explicar melhor...

A sensação que tenho é a de um adolescente idoso... Como se já tão cedo, eu quisesse voltar no tempo para reviver meus anos gloriosos.. É, acho que estou melhorando a explicação...

Queria ter meus anos dourados de volta, aqueles anos em que mesmo diante dos desafios eu era feliz... Antes deles se tornarem um fardo e acordar todos os dias ser uma tortura. Nossa, acho que agora exagerei, falei como se fosse me suicidar. Que horror.

me_desejem_sorte

Sinto falta. É isso. Não há como explicar bem. Eu só quero a felicidade continua de volta. Nada particionado, nada parcelado. Quero a vista.

Acho que eu devia mesmo é para de lamentar pelos meus anos dourados e tentar fazer destes anos cinzentos, anos de diamante.

Me desejem sorte! :)