Texto : Guilherme Bayara (@GuilhermeBayara) | Imagem : We ♥ it (We Heart it)

Carta_amor_beijo_misterio

Mistério.

Acho que sempre fui um mistério, de certa forma.

Sempre lhe dei sorrisos, carinho. Nunca deixei a educação de lado.

Sempre fui uma mulher atenciosa, mas jamais lhe dei detalhes sobre mim. Ser reservada sempre foi uma de minhas maiores características.

Sempre que você perguntava ou pedia algo de mim, eu lhe dizia que te diria e sempre desconversava e te fazia esquecer. Fiquei mestre em trocar de assuntos de forma discreta. Acredito que nunca tenha percebido isso.

Sei que a maioria das pessoas sempre me enxergou assim, como um mistério. Acho que só os mais próximos que não, mas acho que para vocês eu sou um mistério maior ainda.

Minhas histórias são infundadas e incompletas, mas posso assegurar que são verdadeiras, por isso são convincentes.

Sempre gostei muito de você e digo isso de coração. Lembro quando te encontrei nesta cidade, andando pela rua. Você derramou café em minha roupa, lembra? Ficou com uma cara de extremo choque ao ver que era eu. Não fiquei com raiva, pois sua expressão era muito engraçada e de certa forma, fofa.

Sei que não fiz da sua vida mais fácil, mas você fez da minha mais feliz, espero ter feito a sua também.

Sabe esta cidade em que nos conhecemos? Ela é a minha vida. Estou voltando a viver ao lado dela, junto a ela, mas jamais lhe deixarei. Por enquanto lhe deixo esta carta, e um beijo gravado com vista para onde está meu coração agora. Eu voltarei e não me demoro.

Um doce beijo,

Sua Mulher Misteriosa.