Texto: Guilherme Bayara | Imagem: We heart it

desilusão_morte_ilusão_sonho_alucinação

É tudo ilusão, fantasia, imaginação.

Falsa alegria, falsa tristeza.

Alucinação.

Um mundo de fantasias, pesadelos. Sorrisos derretidos, corações estilhaçados, olhares viciante, beijos fatais.

Um inferno particular, uma ilusão ruim que te prende. Um mundo do qual não há como escapar.

É tudo uma ilusão, uma ilusão real de um ser imaginário. Viagem pelas estradas tortas, incertas, caminhos desprezados. Você está sendo vigiado. Seu coração é refém, sua mente é armadilha. Teu corpo anseia movimento, você é incapaz.

Teu próprio mundo lhe puxa, empurra, joga e agarra. Já são dois de você, corpo e alma, separados, correndo em direções opostas. É uma revolução, confusão, enganação, sua ilusão.

Turbilhão, furacão, solidão...

Escuro, eco, som, vazio, nada.

Corre, cai, grita, sem som, se agarra, se corta, procura, não acha, esquece.

Se mata.

Acorda.