osite2.jpg
designer2.jpg
pessoa2.jpg
textos2.jpg
osite2.jpg

O site


Site que nasceu da vontade de escrever sem tema, de reviver os tempos de blogar livremente.

Se tornou mais do que um espaço para escrever, se tornou portfólio, registro de trabalho.

A ideia cresceu para muito além dos 4 cantos da telinha, largou conceitos, criou vida própria.

Ser além dos 4 cantos é pensar fora da caixa, de forma fluida. É ser capaz de mudar a todo instante.

SCROLL DOWN

O site


Site que nasceu da vontade de escrever sem tema, de reviver os tempos de blogar livremente.

Se tornou mais do que um espaço para escrever, se tornou portfólio, registro de trabalho.

A ideia cresceu para muito além dos 4 cantos da telinha, largou conceitos, criou vida própria.

Ser além dos 4 cantos é pensar fora da caixa, de forma fluida. É ser capaz de mudar a todo instante.

designer2.jpg

O designer


Baseado em Belo Horizonte.

Graduando em Design pela Universidade Federal de Minas Gerais. 

Experiências profissionais incluem Filadélfia Comunicação, NUH/UFMG, @bsurda. 

Estudei durante um ano no Reino Unido, como parte do programa Ciência sem Fronteiras, na University of Sunderland. 

 

LinkedIn

SCROLL DOWN

O designer


Baseado em Belo Horizonte.

Graduando em Design pela Universidade Federal de Minas Gerais. 

Experiências profissionais incluem Filadélfia Comunicação, NUH/UFMG, @bsurda. 

Estudei durante um ano no Reino Unido, como parte do programa Ciência sem Fronteiras, na University of Sunderland. 

 

LinkedIn

pessoa2.jpg

A pessoa


"Guiador de coisas fortes e adoráveis.

Pizza de qualquer. Vinhos e doces.
Sem coca-cola. Muitas cores.
Triangulos e formas tortas.

Bayara junção do verde e do preto.
Menino impactante e fraco.
Forte no sentido de gostar.
Lealdade master.

Abraço forte e fino.
(ele é magrelo)
Lágrimas e suspiros
(ele é meio puto)


Um ser que parece não ter fim. Bayara pode ser tudo ao mesmo tempo.
Ele sabe ler e escrever. Deve ter falado com 5 meses de idade. 

A primeira palavra com certeza foi cores ou "ibagens"
Menino que virou, amigo, depois amante, depois irmão, depois sei lá o que.

Amo (ponto final)"

Ed Luiz

 

SCROLL DOWN

A pessoa


"Guiador de coisas fortes e adoráveis.

Pizza de qualquer. Vinhos e doces.
Sem coca-cola. Muitas cores.
Triangulos e formas tortas.

Bayara junção do verde e do preto.
Menino impactante e fraco.
Forte no sentido de gostar.
Lealdade master.

Abraço forte e fino.
(ele é magrelo)
Lágrimas e suspiros
(ele é meio puto)


Um ser que parece não ter fim. Bayara pode ser tudo ao mesmo tempo.
Ele sabe ler e escrever. Deve ter falado com 5 meses de idade. 

A primeira palavra com certeza foi cores ou "ibagens"
Menino que virou, amigo, depois amante, depois irmão, depois sei lá o que.

Amo (ponto final)"

Ed Luiz

 

textos2.jpg

Os textos


Escrever para si. Poetizar sem ser poeta, declarar paixões, compartilhar opiniões. Escrever para liberar a mente. Escrever por que dá vontade. Escrever na hora insônia, na hora do almoço, no meio do trânsito, da aula, do trabalho. Escrever sobre música, sobre viagens, sobre a vida, sobre amores, sobre corações partidos. Escrever por que é bom, porque dá vontade.

Escrever sobre o que acredita, o que conheceu, o que quer conhecer.

Sonhar acordado em forma de palavras, frase, estrofes, parágrafos, rimas. Sonhar.

Escrever um diário, uma observação, um comentário, uma carta, uma declaração. Escrever é uma fala diferente, com outro ritmo, com outra forma. É expressão, mesmo que seja uma só palavra. É sinceridade, é ficção.

BLOG - PUBLICAÇÕES - LATE AT NIGHT - MEDIUM

SCROLL DOWN

Os textos


Escrever para si. Poetizar sem ser poeta, declarar paixões, compartilhar opiniões. Escrever para liberar a mente. Escrever por que dá vontade. Escrever na hora insônia, na hora do almoço, no meio do trânsito, da aula, do trabalho. Escrever sobre música, sobre viagens, sobre a vida, sobre amores, sobre corações partidos. Escrever por que é bom, porque dá vontade.

Escrever sobre o que acredita, o que conheceu, o que quer conhecer.

Sonhar acordado em forma de palavras, frase, estrofes, parágrafos, rimas. Sonhar.

Escrever um diário, uma observação, um comentário, uma carta, uma declaração. Escrever é uma fala diferente, com outro ritmo, com outra forma. É expressão, mesmo que seja uma só palavra. É sinceridade, é ficção.

BLOG - PUBLICAÇÕES - LATE AT NIGHT - MEDIUM